Conteúdo seguro com internet segura

A internet é um universo de informações abertas para o mundo, mas o fato é que, mesmo sendo um oceano maravilhoso de funcionalidade, existem riscos expostos e sutis que induzem o navegante a cometer um erro e se prejudicar.

Estes riscos cibernéticos as vezes são gritantes, mas em sua maioria são disfarçados por sites fakes, promoções atrativas, além de imagens que impactam e chamam a atenção de crianças para sites perigosos. Todos estamos suscetíveis a cair nestes golpes, principalmente as crianças que manuseiam computadores e celulares com maior destreza do que muitos adultos. Ninguém está impune a riscos, a NASA, FBI, Governos já sofreram ciberataques, porém existem formas e ferramentas para evitar riscos causados por pessoas má intencionadas.

Traremos para você estas ferramentas e dicas de como frear, prevenir e bloquear ameaça para sua navegação e de seus filhos:

1 – Ferramentas de Bloqueio

Independente de qual Navegador de busca você utiliza elas possuem, em suas configurações, ferramentas de segurança. No Google, por exemplo, é possível fazer o bloqueio através do Safe Search. Para empresas que queria proteger sua rede de computadores existe o bloqueio DNS que é uma maneira de configurar os computadores da empresa, a fim de que executem uma restrição ao acesso a conteúdos inapropriados.

Pra quem deseja realizar um processo mais intuitivo e deveras gratuito, existem alguns programas gratuitos que oferecem tipos de monitoramento e limitação de acesso a sites e execução de aplicativos, porém estes softwares gratuitos possuem limitações. o site TechTudo listou alguns destes softwares gratuitos para utilização.

  • Crawler Parental Control;
  • InterApp Control;
  • k9 Web Protection;
  • Kurupira WebFilter;
  • Netfilter PC.

2 – Perfil da Criança

Navegar pela internet é um risco para todos os públicos, porém as crianças são as mais afetados e correm o maior risco, pois em sua inocência acaba abrindo portas para que desconhecidos façam o mau, como aliciadores, sites inapropriados e golpes. A maior preocupação dos pais é o livre acesso da criança e adolescente a vastidão da internet. É possível configurar ferramentas dos celulares, tablets e computadores conforme o julgamento adequado dos pais para seus filhos. É válido conversar com as crianças e explicar sobre a medida preventiva para a proteção delas e não como um castigo ou invasão.

Uma das maneiras de manter os conteúdos adequados para idade das crianças, é a configuração do aparelho destinado para o perfil da criança. Essa função restringe sites de jogos e buscas inapropriadas. O sistema de perfis está presente em grande parte destes aparelhos, porém é necessário manter o perfil do adulto bem seguro em casos de aparelhos compartilhados, sabemos o quanto elas são curiosas.

3 – Antivírus

Os hackers estão constantemente tentando invadir redes e computadores para roubar dados e informações pessoais. Para evitar e dificultar cada vez mais estes ataques, uma das melhores opções são os antivírus para manter sua internet segura. Existem programas pagos e gratuitos que são eficazes, porém é necessário mantê-los atualizados, pois estes invasores estão constantemente buscando novas formas de burlar sistemas e os antivírus buscam impelir que haja sucesso para estes hackers.

4 – Downloads confiáveis

Criar o hábito de analisar o site antes de realizar qualquer ação dentro dele não é fácil, mas alguns detalhes conseguimos visualizar de primeira, por exemplo: erros de gramática, pop-ups com mensagens de prêmios e fakenews, links (principalmente em site comerciais) devem conter “https:” que é um protocolo que insere uma camada de proteção na transmissão de dados entre seu computador e o servidor e em caso de downloads esteja certo da confiabilidade do site (ou seja, conhecido e averiguado pelo seu antivírus).

Da mesma forma que é necessário ter cuidado em realizar downloads de arquivos e necessário estar seguro ao instalar programas, pois junto com eles podem vir com vírus e lacunas que favorecem a invasão de hackers. Dê prioridade a lojas online como AppleStore, Google Play e outras da mesma fabricante do seu dispositivo móvel, ou de mesa, pois elas são empresas reais e firmadas no mercado.

5 – Alterne as senhas regularmente

Nossa vida digital é repleta de contas e cadastros que abrimos em sites, contas digitais, Newsletters o que é factível de se fazer para que seus dados não sejam ameaçados é trocar as senhas com regularidade, isso dificulta ainda mais ação de hackers para burlar os sistemas de segurança, além de prevenir que as nossas espertas crianças consigam sua senha e saiam do perfil destinada a elas.

As redes sociais são, também, um prato cheio para conteúdos impróprios e golpes. Mesmo que existam ferramentas, a regularidade na troca de senhas auxilia na prevenção de roubo de contas e defasagem de imagem. Muitos perfis famosos já sofreram esse ataque, logo adotar mediadas preventivas é um dos melhores caminhos para manter-se seguro.

Busque por informação e diálogo

Preocupar com uma navegação segura é pauta para todo assunto, seja dentro de casa, no trabalho e em rodas de amigos, pois a troca de informação e experiência pode auxiliar na imunidade contra golpes, roubo de dados e conteúdos inadequados para crianças e adolescentes conectados, e, desta forma, poder blindá-las contra criminosos disfarçados.

Uma forma de assegurar os adolescente é manter o hábito do diálogo sobre segurança na internet, para eles pode ser algo pequeno, mas é imprescindível para que nada de ruim aconteça. Sabemos que eles estão em desenvolvimento e muita das vezes conhecem muito sobre a área, o que não é pretexto para deixar de debater sobre o assunto.

A curiosidade humana é capaz de levar as pessoas a cometerem erros. As ferramentas de segurança auxiliar o para que o uso da internet traga mais benefício ao conhecimento, entretenimento e lazer.

Quer mais conteúdos como esse?

Confira abaixo alguns posts relacionados.

Ver todos